Módulo MRP do Sistema COLET – v.2

Como sua empresa produz ? Orientada a estoque ? Somente mediante pedido ? Situação mista ? Produto semi acabado em estoque, acabado sob encomenda ? Produz por projeto ?

Em qualquer uma destas situações o sistema COLET está pronto para lhe ajudar. O novo módulo MRP do nosso sistema, agora na sua segunda versão,  reconhece todas estas situações, e consegue lhe informar quando, quanto e como produzir ou comprar cada um dos materiais necessários para atender aos seus clientes e à sua linha de produção.

Tudo isto de maneira muito simples, prática, de fácil entendimento. Através de consultas em tela, o sistema exibe a projeção de estoque dia a dia (no curto prazo), semana a semana (no médio prazo) e mês a mês (no longo prazo) de cada material, seja este comprado ou fabricado ou terceirizado.

Consulta MRP

Necessitando fazer uma análise mais detalhada, o sistema oferece o relatório de análise do perfil do item, que mostra detalhadamente a vida futura de cada um dos itens, destacando as Ordens de Compra ou de Fabricação que o cálculo do MRP projetou, bem como indicando através de mensagens eventuais antecipações, prorrogações e cancelamentos necessários sobre as Ordens já emitidas.

Consulta MRP 1

O setor de PCP obtém com isto uma ferramenta imprescindível para o bom andamento de sua produção. Eventuais mudanças de cenários são facilmente analisadas. A entrada de um pedido com prazo muito curto, por exemplo, é sinalizado de imadiato, o que permite o seu departamento comercial renegociar este prazo com o cliente, ou sua fábrica agendar mais recursos a fim de conseguir cumprir o prazo.

A grande novidade desta segunda versão do módulo MRP é que agora ele atende também à empresas que trabalham sob projeto, ou seja, aquelas empresas cujo produto é fortemente customizado conforme a solicitação do cliente. Os acessórios específicos são lançados diretamente no pedido, não na estrutura. A estrutura do produto desta forma fica enxuta, não exige a criação de uma variação do produto para cada cliente ou pedido. Estes pedidos, orientados a projeto, também têm um tratamento todo especial, e isto fica sinalizado em todas as telas e relatórios do sistema.

A liberação das Ordens de Compra ou Fabricação também é feita de forma simplificada. O programador ou o comprador podem limitar estas liberações a uma data limite, e daí podem liberar as Ordens individualmente, ou por grupo de produtos. Pode também agrupar as ordens de itens iguais, projetadas em dias diferentes para que sejam emitidas menos ordens (exemplo: agrupar ordens de compra do item XYZ necessárias para os próximos 10 dias, em uma única ordem).

É possível emitir também relatórios de mensagens geradas pelo analisador do MRP, podendo filtrar por grupo de materiais e por tipo de mensagem, a fim de facilitar a tomada de decisão por parte dos gestores do processo produtivo e de compras. Tudo isto ainda aliado aos demais recursos do sistema COLET, como o acompanhamento em tempo real do chão de fábrica.

Segundo Pires (1995), citado por Carlos Frederico Bremer e Rogério de Paula Lenza, estes são os diversos tipos de orientação de sistemas produtivos mais comumente encontrados nas empresas:

Produção para Estoque (MTS – Make to Stock) – Caracteriza os sistemas que produzem produtos padronizados, baseados principalmente em previsões de demandas. Nesse caso, nenhum produto é customizado, porque o pedido é feito com base no estoque de produtos acabados. Isso significa que a interação direta dos clientes com o projeto dos produtos é muito pequena ou inexistente. Os sistemas MTS têm como principal vantagem a rapidez na entrega dos produtos, mas os custos com estoques tendem a ser grandes e os clientes não têm como expressar diretamente suas necessidades a respeito dos produtos. Nesses sistemas, os ciclos de vida dos produtos tendem a ser relativamente longos e previsíveis.

Montagem sob Encomenda (ATO – Assembly to Order) – Caracteriza os sistemas em que os subconjuntos, grandes componentes e materiais diversos são armazenados até o recebimento dos pedidos dos clientes contendo as especificações dos produtos finais. A interação dos clientes com o projeto dos produtos é limitada. Nos sistemas ATO as entregas dos produtos tendem a ser de médio prazo e as incertezas da demanda (quanto ao mix e volume dos produtos) são gerenciadas pelo excesso no dimensionamento do estoque de subconjuntos e capacidade das áreas de montagem.

Produção sob Encomenda (MTO – Make to Order) – O projeto básico pode ser desenvolvido a partir dos contatos iniciais com o cliente, mas a etapa de produção só se inicia após o recebimento formal do pedido. A interação com o cliente costuma a ser extensiva e o produto está sujeito a algumas modificações, mesmo durante a fase de produção. Num sistema MTO, os produtos geralmente não são um de cada tipo, porque usualmente os produtos são projetados a partir de especificações básicas. Os tempos de entrega tendem a ser de médio a longo prazo e as listas de materiais são usualmente únicas para cada produto.

Engenharia sob Encomenda (ETO – Engineering to Order) – É como se fosse uma extensão do MTO, com o projeto do produto sendo feito quase que totalmente baseado nas especificações do cliente. Os produtos são altamente customizados e o nível de interação com o cliente é muito grande.

Qualquer que seja a sua situação, o Sistema COLET está apto a lhe atender.

Ligue pra nós no telefone (51)3097-1210, r.25, ou envie-nos um e-mail (colet@coletsistemas.com.br), que entraremos em contato.

Ivan J. Martins  

Diretor Comercial – ivan@coletsistemas.com.br

Celular: +55 51 9909-2230

Skype: ivan_colet

Publicado em sexta-feira, 8 novembro, 2013, em Manufatura, Materiais, O sistema COLET, PCP & Produção. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: